Nossa história

A Escola Lápis de Cor está em funcionamento há 25 anos e seu projeto educacional transformou o panorama da educação infantil na cidade de Conceição do Jacuípe e região. Com uma história de inovação e qualidade, a instituição começou a funcionar em 1994 e já no primeiro ano contava com 70 alunos.  A idealizadora desse projeto foi Janilza Oliveira Ribeiro, que está à frente da direção da escola.

Contar sua história é reviver o sonho de uma vida: Educar para transformar! A paixão pela docência começou ainda na infância, onde Janilza, que estudava no Colégio Sérgio Cardoso pela manhã, à tarde ensinava de graça os seus vizinhos mais novos. Os pais separaram um lugar em casa, ela comprou a lousa e deu continuidade às aulas.  A partir da 5ª serie foi estudar no Colégio Santo Antônio em Feira de Santana, na cidade conclui também o ensino médio, porém em outra instituição. A partir dos 18 anos começou a trabalhar realizando festas de 15 anos. Embora a família fosse financeiramente estável, nossa diretora explica que sempre gostou de ter sua independência, e assim começou a juntar dinheiro com o propósito de abrir sua escola.

Janilza é professora concursada do estado há mais de 25 anos, foi diretora do CEMEC por 13 anos e durante toda a sua atuação na área da educação procurou desempenhar suas funções de tal modo, que transformasse positivamente a realidade das instituições onde trabalhou.

Percebendo a carência de uma escola inovadora na cidade, decidiu montar a Lápis de Cor, nome escolhido pela irmã. Janilza destaca que o seu principal objetivo ao montar a escola, nunca foi ganhar dinheiro, mas sim melhorar a educação do município, implementar novas ideias e desenvolver um trabalho inovador na área da educação. Somos felizes em destacar que as inovações trazidas pela ELC fizeram com que outras instituições da cidade começassem a se desenvolver. E esse movimento possibilitou uma melhora significativa na qualidade do ensino na cidade. As escolinhas possuem diferentes perfis e modelos de educação diversos, mas apresentam muita qualidade e essa realidade deixa Janilza bastante feliz. 

O diferencial da escola é a paixão e o cuidado. Janilza salienta que todas as crianças são tratadas com respeito e muito amor, sem nenhuma distinção. Além disso, busca ouvir os alunos e colocá-los em primeiro lugar, afinal, eles serão os nossos futuros profissionais e precisamos de profissionais com humanidade. 

A escola atualmente possui MAIS DE 300 estudantes que frequentam as aulas no turno da manhã. Com a capacidade máxima, Janilza afirma que ela própria não tem pretensão de ampliar a escola ou abrir novos turnos, pois acredita que ampliar a escola poderia significar uma perda da qualidade, do carinho, da inovação e da essência que representa a Lápis de Cor. A escola conta com 18 salas e atende do Grupo II até o 5° ano. Considerando a nossa escola um sucesso, ressaltamos que todos os objetivos traçados por Janilza ao longo desses anos foram alcançados e que a presença e parceria da família com a escola comprova que estamos seguindo o caminho certo e desenvolvendo bem uma história de educação e transformação.